Cooperativismo atinge crescimento expressivo na Região Norte


Em pleno crescimento, o cooperativismo de crédito rondoniense detém hoje a maior participação no segmento financeiro, se comparado as demais regiões brasileiras. A afirmação foi feita pelo dirigente cooperativista Vornei Bernardes da Costa, um dos fundadores do Sistema de Crédito Cooperativo (CrediSIS) e da Cooperativa CrediSIS Leste. “Além de ser um segmento consolidado no Estado, o cooperativismo já se tornou um modelo a ser seguido”, disse.

Segundo Vornei, além do CrediSIS, há outros Sistemas organizados, atuando no segmento do cooperativismo de crédito na Região Norte, em especial no Estado de Rondônia. “Todos têm obtido crescimento muito expressivo e o que é mais importante, impactando de maneira positiva o desenvolvimento dessa região onde atua”, afirmou.

Quanto a produtos e serviços, Vornei disse que hoje o cooperativismo de crédito está apto a oferecer aos seus cooperados toda gama de serviços usualmente encontrados em quaisquer instituições financeiras tradicionais. Segundo ele, o segmento está cada vez mais sendo profissionalizado, trabalha com muita responsabilidade e transparência, adotando as melhores práticas de governança, tendo sempre como foco, oferecer ao cooperado o melhor e mais qualificado serviço na área financeira.

Sobre os índices de crescimento do cooperativismo de crédito, Vornei lembrou que a Região Norte do País é muito grande, portanto ainda tem muito a ser feito e várias localidades a serem atendidas, mas o segmento continua crescendo, fazendo bem o dever de casa. A tendência para os próximos anos, segundo ele, é continuar crescendo, a exemplo do que já ocorreu em várias partes do mundo, notadamente em Países desenvolvidos. “O cooperativismo tem peculiaridades próprias, que o faz diferente de outras empresas tradicionais. É uma sociedade de pessoas, constituída para atender essas pessoas, os associados, mas com um interesse muito pronunciado pela comunidade onde estão presentes essas pessoas”, explicou.

 

Surgimento do cooperativismo no Estado

O cooperativismo de crédito surgiu em Rondônia no final da década de 90, quando ocorreu o fechamento do Banco Estadual e ao mesmo tempo o fechamento ou incorporação de outros bancos privados, provocando uma grande concentração das instituições financeiras. Na contramão desse movimento de fechamento das instituições bancárias tradicionais, as cooperativas de crédito surgem como uma oportunidade especialmente para as comunidades localizadas fora dos grandes centros econômicos do País, como é o caso da Região Norte.

Segundo Vornei, as cooperativas surgiram com uma proposta objetiva de oferecer um atendimento diferenciado e com qualidade na área financeira e demonstrando, de maneira clara, interesse pela comunidade local, até porque são constituídas e geridas por gente do seio dessa comunidade. “E assim o cooperativismo de crédito prosperou e hoje é um segmento amplamente conhecido e consolidado em toda região”, afirmou.

 

Legenda: Vornei Bernardes foi um dos idealizadores do cooperativismo de crédito em Rondônia  

 

Texto: Eli Batista